planejamento de rotas

O planejamento de rotas de entrega é o processo de cálculo, ou de previsibilidade, da rota mais econômica. Ele envolve vários nós/escalas para minimizar a distância percorrida, o tempo gasto, entre outros fatores.

Em vez de ler, que tal ouvir o artigo? Experimente no player abaixo:

Mas isso não é tudo. Há diversas rotinas que são assumidas pelos profissionais de logística de distribuição quando se trata de planejar rotas de entrega – e é sobre isso que vamos conversar neste artigo.

Continue lendo para entender a importância dessa prática estratégica e, também, como utilizá-la em seu negócio!

Qual importância do planejamento de rotas de entrega nas empresas?

O planejamento de rotas de entrega é cada vez mais incorporado ao mundo logístico das empresas modernas. Ele está diretamente ligado à eficiência e à competitividade organizacional.

A seguir, confira as razões do porque é importante planejar as rotas de entrega.

Acompanhamento da operação

O planejamento de rotas de entrega permite o acompanhamento de cada um dos elementos do processo – dos funcionários às mercadorias, passando por veículos e prestadores de serviços, entre outros.

Também é correto afirmar que o planejamento de rotas está relacionado a fatores como:

– Melhoria no consumo de combustível da frota;

– Redução dos prazos de entrega;

– Aumento na satisfação do cliente;

– Fidelização e mais negociações;

– Ganho de produtividade da equipe.

Diferencial competitivo

Hoje, esse processo não mais está restrito às indústrias ou grandes transportadoras, mas, também, presente nos mais variados negócios. Qualquer organização que trabalhe com entrega de produtos e serviços deve coordená-lo com estratégia.

É correto afirmar, inclusive, que empresas de médio e pequeno porte devem levar o planejamento de frotas ainda mais a sério. Isso porque elas precisam ter um diferencial para competir com marcas globais, que, pelo poderio econômico, conseguem fazer entregas em tempo recorde.

Melhorias nos serviços

Uma empresa de serviços que necessite da priorização da entrega de um documento, por exemplo, deve planejar a rota para obter o melhor custo/benefício. Também precisa garantir segurança, entre outras vantagens, aos seus clientes.

Essa estratégia auxilia na eficiência da prestação do serviço de entregas profissionais na hora certa. Ou seja, está envolvida em toda a cadeia de compra e venda, seja de produto ou serviço.

Uso estratégico da tecnologia

A popularização do planejamento de rotas se dá, em grande medida, devido à tecnologia disponível e de fácil acesso que temos atualmente, que reduz as complexidades e torna todas as atividades estratégicas mais simples.

Além disso, conforme a preferência dos gestores, ela permite a automatização processual — reduz a necessidade de intervenção humana. Dessa forma, a tecnologia evita erros e retrabalhos e confere um dia a dia operacional bem mais produtivo e lucrativo.

Modernização e competitividade

Em suma, empresas modernas e competitivas precisam contar com planejamento de rotas de entrega, sob pena de ver a concorrência ganhar a preferência dos clientes já conquistados ou por conquistar.

Olhando internamente, quando as rotinas relacionadas às entregas são bem elaboradas, é possível fazer mais com menos, e também é perfeitamente viável pavimentar o caminho para escalar ainda mais os negócios.

Como a tecnologia pode facilitar o planejamento de rotas de entrega de produtos?

Para gerar uma maior eficiência no planejamento de rotas, as empresas devem contar com softwares específicos. Essas soluções podem ser empregadas para realizar e conduzir o planejamento automática ou manualmente.

Com um bom sistema de roteirização de entregas, por exemplo, é possível:

– Definir o melhor custo do transporte;

– Aumentar a eficiência na operação;

– Escolher o melhor percurso e horário para trafegar — economizar combustível e facilitar o trabalho dos motoristas;

– Conhecer previamente as condições das vias onde a frota vai circular;

– Acessar e analisar informações sobre obras e horários de pedágio etc.

A solução ajuda melhorar a eficiência das entregas, pois garante que sejam realizadas no prazo estipulado e acordado com o cliente. E isso sem complicações, pois uma boa aplicação é intuitiva, realmente fácil de usar.

→ Confira três dicas para aumentar a produtividade logística da sua empresa com a roteirização das entregas. Veja o vídeo:

Quais benefícios o uso de um sistema de planejamento de rotas de entrega oferece?

Dentre as muitas vantagens de um bom sistema de planejamento de rotas de entrega de produtos, algumas merecem destaque.

Confira, a seguir, um detalhamento dos principais benefícios.

Controle de restrições de entregas ou horários

O planejamento informa se o cliente possui algum tipo de restrição quanto ao horário ou dias da semana para entrega. Isso leva à eficiência na prestação do serviço de transporte, visando sempre a satisfação.

Atualmente, o planejamento de rotas disponibiliza aplicativos móveis para o prestador de serviço de transporte. Assim, o cliente obtém informações em tempo real de onde está sua mercadoria.

Controle do tipo do veículo a ser utilizado

O planejamento de rotas também ajuda a empresa a definir qual veículo de sua frota terá melhor eficiência na entrega, considerando, por exemplo, o peso, o volume da mercadoria e a cubagem do veículo.

A solução deve sempre buscar o melhor custo/benefício, além de levar em conta as especificações do local da entrega ao cliente e a sua localização.

As restrições estão voltadas aos grandes centros, que não permitem circulação de alguns tipos de veículos em determinados horários.

Redução de gastos com combustível

Fatores, como consumo de combustível e o meio ambiente, também estão ligados ao planejamento de rotas.

Ao realizá-lo de maneira eficiente e com auxílio da tecnologia, é possível, por exemplo, mensurar os horários de maior pico – quando o consumo do combustível será elevado e vai liberar um número maior de poluentes, por exemplo.

Diminuição do uso de papel

Ainda relacionado ao meio ambiente, o planejamento de rotas também auxilia na diminuição do consumo de papel, o que vai ao encontro dos esforços de responsabilidade socioambiental das empresas modernas.

Os aplicativos já permitem que a empresa receba a assinatura referente à entrega na tela do smartphone ou tablet, tudo em tempo real e sem gastar papel e tinta. Parece pouco, mas ao longo de um ano, a redução dos impactos ambientais e de gastos é significativa.

Ganho de credibilidade e conquista de novos clientes

A conquista de novos clientes também é um resultado. Isso porque o planejamento de rotas de entrega deve ser um diferencial no mercado de prestação de serviços.

Em outras palavras, trabalhando corretamente o transporte e atendendo às expectativas dos clientes, é possível melhorar a reputação da marca. E isso, nós sabemos, além de fidelizar a clientela já conquistada, facilita novas negociações.

Gestão orientada por indicadores de performance

Por fim, não podemos deixar de mencionar os indicadores de desempenho logístico. Eles são fundamentais para o acompanhamento da operação e, também, para a mensuração de resultados.

Um bom sistema de planejamento de rotas de entrega inclui a definição e o acompanhamento de indicadores. Isso significa que os gestores conseguem ter um controle mais atualizado sobre o que realmente importa, o que ajuda a tornar a gestão mais amparada por dados, menos intuitiva.

Com informações reais e com facilidade de levantar relatórios e históricos, os gestores tomam decisões melhores, que geram resultados.

→ No vídeo a seguir, confira quais são os indicadores de logística de entrega mais importantes:

Qual a ferramenta de planejamento de rotas de entrega ideal?

A ferramenta ideal é aquela que é aderente à realidade do negócio — ainda que, no geral, as tecnologias exigem alguns ajustes de processos. Ou seja, o sistema deve ser tecnicamente flexível para acomodar as rotinas da empresa, que, por sua vez, também precisa estar disposta a se adaptar.

A acessibilidade tecnológica atual pode confundir um pouco, afinal, há muita oferta de aplicações no mercado. O excesso de opções costuma dar um pouco de trabalho, mas não precisa ser assim. O que é importante é fazer uma boa escolha. Sempre tendo em mente que esse tipo de investimento, quando mal realizado, pode gerar prejuízos financeiros.

Quando se está à procura de uma ferramenta de planejamento de rotas, é preciso levar alguns fatores em consideração. Veja, a seguir, quais são os mais significativos.

Conhecer os processos internos

O primeiro ponto de atenção é conhecer cada um dos processos da empresa, além do perfil do prestador do serviço e dos clientes. É preciso fazer um mergulho no cotidiano logístico, especialmente nas atividades relacionadas às entregas.

Além de olhar com sinceridade para a realidade atual dos departamentos, processos e equipe, esse exercício ajuda a saber exatamente a aplicação que se procura.

Dessa forma, fica mais fácil avaliar a compatibilidade dos sistemas com a realidade atual e os anseios da organização.

Dar preferência a uma ferramenta flexível

As melhores ferramentas permitem que a empresa parametrize as regras de acordo com o seu modelo de negócio.

Elas também trazem conhecimento para que os gestores possam agregar valor à operação. Ou seja, combinam flexibilidade técnica à geração de inteligência para facilitar a tomada de melhores decisões, em tempo hábil.

Priorizar a implantação simplificada

A ideia é buscar soluções que necessitem o mínimo esforço de implantação e que, cada vez mais, entreguem valor ao seu negócio.

Dessa forma, o planejamento de rotas não será apenas mais um software adquirido: ele vai marcar o nascimento de uma cultura interna de controle e previsibilidade nos processos de entrega.

Simplificando a implantação, as resistências à mudança são minimizadas. Os profissionais aderem mais rapidamente ao sistema e os retornos sobre o investimento começam a aparecer mais rapidamente. Isso é, certamente, um diferencial competitivo; um apoio à estratégia de crescimento da empresa.

Você já conhece o maxRoteirizador, sistema de planejamento de rotas da MáximaTech?

Para finalizar, apresentamos o maxRoteirizador. Essa é a solução com a qual os gestores logísticos e de transporte conseguem traçar a melhor a rota. Com ela, suas entregas passam a ser feitas no menor tempo e quilometragem possível.

Com o maxRoteirizador, também fica mais fácil planejar janelas e condições de entregas. O sistema considera o local e as restrições do cliente, o tipo de caminhão utilizado e de mercadorias a entregar.

Essa solução ajuda a resolver os problemas mais frequentes que os gestores de transporte enfrentam em seu cotidiano – do planejamento de rotas informal realizado pelos motoristas às ineficiências nas cargas, reclamações dos clientes etc.

Mais detalhes sobre o maxRoteirizador

As empresas estão sempre buscando formas de reduzir seu custo logístico. Por isso, desenvolvemos soluções de logística de transporte para que esse objetivo possa ser alcançado.

O maxRoteirizador contribui para a economia de combustível, diminuição de gastos com manutenção e redução do tempo de entrega.

Planeje a melhor rota de entrega em segundos e otimize o uso dos seus caminhões. Após montar a carga, faça o acompanhamento de entrega e gestão de motoristas, monitorando todo o processo e gerindo as ocorrências que podem acontecer no caminho.

Reduza os índices de devolução de mercadoria e aumente a satisfação dos seus clientes, tratando na hora os casos de devolução.

→ Confira uma rápida explanação de como funciona o maxRoteirizador no vídeo abaixo:

Conclusão

Trouxemos, aqui, uma reflexão sobre a importância de ter um bom planejamento de rotas de entrega. Há inúmeras vantagens para as empresas e para os gestores de logística de uma maneira geral.

A boa notícia é que a tecnologia moderna permite a realização do planejamento e sua execução de maneira bastante simplificada. O que antes demandava muito tempo e era complexo, agora, é realizado em poucos cliques.

Como vimos no exemplo do maxRoteirizador, já é possível tornar as rotinas de definição e acompanhamento de rotas de entrega menos burocrática. Em vez de lidar com diversos sistemas e planilhas de Excel, tudo fica centralizado em uma única plataforma.

Em suma, planejar e executar rotas de entrega de maneira profissional e eficiente é mais uma questão de atitude. A tecnologia em si está aí para ajudar nessa empreitada — e segue evoluindo. O fundamental é que os gestores tenham um olhar mais inovador para esse processo tão decisivo para o sucesso dos negócios.

E você, como faz o planejamento de rotas de entrega em sua empresa? Se precisar de ajuda, fale conosco e veja como nossas soluções podem ajudá-lo nesse desafio!

Fabrício Santos

Especialista em logística para o atacado distribuidor com 14 anos de atuação na área e apaixonado por reduzir o custo logístico dos clientes Máxima.
Fabrício Santos