,

Como melhorar indicadores de desempenho logístico no atacado

indicadores de desempenho logístico

Medir a performance de uma operação logística é fundamental para diminuir gastos e melhorar o desempenho dos negócios.

Daí que o tema dos indicadores de desempenho logístico é tão importante.

Sobre isso vamos conversar neste artigo. Continue lendo para saber o que é, quais são os indicadores mais importantes e como melhorá-los!

Confira também as nossas dicas em vídeo:

O que são indicadores de desempenho logístico?

Por definição, indicadores de desempenho são métricas de negócios usadas para rastrear e analisar fatores considerados cruciais para o sucesso de uma organização. Eles se concentram nos processos e funções do negócio que a alta administração considera mais importantes para medir o progresso, no sentido de alcançar objetivos estratégicos e metas de desempenho.

Cada empresa tem seus próprios indicadores de desempenho globais, ou seja, para todo o negócio, e, também, específicos — para determinadas áreas e/ou processos. Eles podem ser quantitativos ou qualitativos, e, normalmente, é a mescla destes dois tipos que oferece as melhores respostas estratégicas aos negócios.

Então, quando nos referimos aos indicadores de desempenho logístico, estamos falando das métricas utilizadas para avaliar a performance dos processos de logística de uma empresa.

As empresas que utilizam indicadores de desempenho logístico em sua gestão, geralmente, o fazem para trabalhar a melhoria contínua, ter números reais para tomadas de decisões mais eficazes e divulgação transparente de resultados a colaboradores, sócios e investidores.

Quais são os principais indicadores de desempenho logístico?

Como vimos, são muitos os tipos de indicadores de desempenho que podem ser utilizados na área da logística. Cada empresa definirá quais são os mais importantes e como acompanhá-los e melhorá-los. No entanto, há alguns que são comuns a todos os negócios que fazem uma efetiva gestão logística.

Veja, a seguir, quais são os indicadores de desempenho logístico mais importantes e como fazer para utilizá-los da melhor forma possível:

1- Custo operacional

Acompanhar e aprimorar o custo operacional significa realizar avaliações periódicas (mensais, trimestrais, anuais, por exemplo). Assim, é possível manter os gastos necessários sob controle, garantindo lucratividade e competitividade ao negócio.

O custo operacional é um indicador fundamental para a área logística, uma vez que esta não é (a princípio) uma área geradora receitas. Quanto menor for o custo operacional, maior será o resultado da área.

Esse custo pode ser melhorado quando a empresa tem todos os seus gastos sob controle, dos mais simples e fixos aos mais complexos e variáveis. É preciso acompanhar e, de preferência, prevê-los para evitar que eles impactem as margens de lucro.

Uma boa escolha é utilizar uma solução integrada de gestão, um software pelo qual, entre outras coisas, todos os gastos são computados em tempo real. Com relatórios sempre atualizados, é possível prever os investimentos e trabalhar planos de ação para reduzi-los.

2- Prazos de entrega

Intimamente ligados à competitividade comercial da empresa, os prazos de entrega são definidores da satisfação dos clientes. Quanto menores eles forem, melhor será a experiência dos consumidores e, consequentemente, maior a chance de a empresa se destacar da concorrência.

Em um mercado altamente competitivo, com consumidores cada dia mais exigentes e sendo assediados o tempo todo por possibilidades de consumo, entregar com rapidez é fundamental.

Mais do que entregar rapidamente, cumprir o prazo prometido é importante. A qualidade do serviço logístico é medida por este indicador, afinal, um cliente será mais fiel se receber suas compras antes do prometido do que se houver atrasos, certo?

E este indicador é importante, também, sob o ponto de vista do direito dos consumidores. O não cumprimento dos prazos de entrega prometidos (especialmente se há taxas de serviço de entrega) pode gerar processos judiciais ao distribuidor, por exemplo.

3- Qualidade do serviço

Por fim, um indicador de desempenho logístico de grande importância é a qualidade do serviço prestado. A princípio, medir a qualidade pode parecer um pouco subjetivo, mas quando ela é tratada como um indicador de performance, vemos que não é bem assim.

Para avaliar a qualidade do serviço prestado, é preciso prestar atenção em fatores como produtividade da equipe, tempo em trânsito, volume de devoluções (e suas causas), pontualidade nas entregas, satisfação dos clientes etc.

Como os indicadores de desempenho logístico são tratados no seu negócio? O que achou das dicas que trouxemos? Deixe seu comentário e até a próxima.