,

Como otimizar a logística de entrega e fidelizar clientes?

Otimizar a logística de entrega e fidelizar clientes são quase sinônimos. Esse é um esforço que deve fazer parte da estratégia de todos os empreendedores do mercado atacado distribuidor.

Você já colocou na ponta do lápis tudo que gasta com marketing e publicidade para conquistar novos clientes e fidelizar os antigos? Se sim, com certeza percebeu que fidelizar é mais barato do que fechar novas vendas. Segundo Philip Kotler, renomado teórico de marketing, “conquistar um novo cliente custa de 5 a 7 vezes mais que manter um atual”.

Em um mercado competitivo como o que temos hoje, manter seus clientes fiéis é essencial para aumentar a receita no seu atacado distribuidor. Afinal, eles não só continuam retornando para mais negócios, como trazem novos clientes ao espalhar a experiência positiva que tiveram com os seus serviços.

Sobre isso vamos refletir ao longo deste artigo. Continue lendo para entender em profundidade o que é logística de entrega, porque é importante trabalha-la com estratégia e dicas de como fazer isso!

O que é e por que otimizar a logística de entrega?

Partimos do princípio de que a logística é o processo de coordenação e movimentação de recursos — insumos, materiais, estoque e equipamentos — de um local para o armazenamento no destino desejado.

Logo, quando dizemos que as empresas precisam otimizar sua logística de entrega, estamos afirmando que é preciso melhorar os processos envolvidos no esforço de levar o que é vendido até o local onde o cliente solicitou.

O gerenciamento da logística de entrega pode envolver algumas ou todas as seguintes funções de negócio:

– Transporte de entrada;

– Transporte de saída;

– Gestão de frota;

– Armazenagem;

– Manuseio de materiais;

– Cumprimento da ordem;

– Separação de pedidos;

– Gestão de inventário;

– Planejamento de demanda etc.

→ Leia também: Processo de entrega — como melhorar no atacado distribuidor?

Empresas que trabalham para otimizar a logística de entrega conseguem satisfazer seus clientes e, ao mesmo tempo, torna suas operações mais eficientes e reduzir custos.

No vídeo a seguir o Jessé, consultor de treinamentos aqui da Máxima Sistemas, explica em detalhes e dá algumas dicas para você organizar melhor suas entregas – o que é uma parte muito importante do que chamamos de logística de entrega. Confira:

O que é o processo de distribuição?

O desafio de otimizar a logística de entrega também requer um melhor entendimento dos processos de distribuição da empresa.

Por definição, o processo de distribuição nada mais é do que o gerenciamento sistematizado de todo o caminho percorrido pelo pedido (ou materiais de insumo, por exemplo), desde a saída da empresa até o destino final. No caso das entregas, estamos falando do consumidor como destinatário, mas também pode ser o ponto de venda (PDV), entre outros.

→ Entenda com mais detalhes neste artigo: Logística de distribuição — como é o bom fluxo produtivo?

5 práticas para otimizar a logística de entrega e alcançar a fidelização de clientes

Agora que já vimos o que é o processo de distribuição e também a importância de otimizar a logística de entrega, veja o que pode ser feito na prática para alcançar esses objetivos.

1- Controle o estoque e mantenha os produtos sempre disponíveis

Se um cliente chega até você precisando de um produto que não está disponível, é bem capaz que ele vá procurá-lo em algum dos seus concorrentes.

Para evitar isso, é preciso fazer um excelente controle de estoque. Você pode utilizar softwares que permitem acompanhar de perto o fluxo de entrada e saídas, e que consideram um estoque mínimo para cada item, acionando um alerta para novos pedidos quando algum dos produtos entrar na faixa de emergência.

2- Fique de olho em avarias e garanta produtos sempre intactos

Quando um cliente faz um pedido, ele espera receber seus produtos inteiros e sem defeitos. Entregar um material com avarias, mesmo que você corrija o erro imediatamente, não passa uma boa imagem do seu atacado distribuidor.

Por isso, na hora de armazenar e transportar os materiais, é preciso todo o cuidado. Observe as especificidades de cada item, garantindo que sejam manuseados da maneira correta durante a logística de entrega.

3- Faça o planejamento de rotas e evite atrasos

Antes de informar o prazo de entrega para qualquer produto, garanta que seja possível atendê-lo. Atrasos não são toleráveis, e é melhor que você combine com o cliente um prazo maior, o deixando ciente do tempo real de entrega, do que prometê-la em tempo recorde para fechar a venda e não conseguir cumprir.

Contar com um software para planejamento das demandas, cálculo de rotas e do tempo de entrega pode ser um grande diferencial para otimizar a logística. Assim, você terá em mãos todas as informações necessárias para não fazer promessas irreais, criando um desconforto no consumidor.

4- Aposte na logística reversa

Mesmo com todo cuidado do mundo, ainda existe a possibilidade de erros e imprevistos dentro da logística de entrega. Uma mercadoria pode parar no cliente errado, da mesma forma que ele pode querer trocar algo que pediu por diversos motivos. Sendo assim, você deve estar preparado para esse tipo de situação.

A logística reversa, ou de devolução, é fundamental para assegurar a satisfação do cliente no caso de problemas. Faça todo o planejamento e cálculos necessários para entender a viabilidade desse processo, e se preocupe em deixar claro para seus clientes as condições em que a devolução será aceita e como fazê-la.

5- Invista no treinamento da sua equipe para atender bem

Um dos pontos-chave para a fidelização é atender bem. Um bom atendimento é o que fica marcado no cliente, antes mesmo de ele atestar a qualidade e a conformidade da entrega.

Por isso, invista na capacitação da sua equipe, a treine para ser cordial e nunca deixar o cliente esperando atendimento. Não só de entrega de produtos se faz o atacado distribuidor – também é preciso pensar em toda a experiência do consumidor se quiser fidelizá-lo.

Como vimos, otimizar a logística de entrega é um esforço decisivo na construção de uma boa experiência dos clientes com a empresa. Quando bem-feita, ela gera confiança no consumidor, que vai querer voltar para fechar novos negócios.

Responsável por até 12% dos investimentos das empresas brasileiras, segundo a Fundação Dom Cabral, uma gestão de logística bem-sucedida pode ser a chave para a fidelização e o aumento da receita.

E então, quer continuar aprendendo a otimizar a logística de entrega? Leia, também, nosso post sobre os 6 erros que a tecnologia ajuda a evitar nos seus processos de distribuição e até a próxima!